'

Perfil do Burger King foi hackeado: bom ou ruim?

Perfil do Burger King no Twitter foi hackeado bom ou ruim
Entenda o caso: hoje, no dia 18 de fevereiro de 2013, o perfil norte-americano do Burger King no Twitter foi hackeado. Perto das 15h15min (horário de Brasília) o perfil foi suspenso. O ataque foi atribuído ao mesmo grupo hacker que “brincou” com o profile da Paris Hilton há um tempo atrás. A princípio não se associa isso a motivações que não sejam trolls. Imagens do McDonald’s foram postadas, assim como mensagens de “esse perfil foi comprado”, como você vê na imagem acima. Abaixo, alguns tweets publicados durante a ação.


Hoje as marcas vivem uma guerra por atenção – o tempo em que as pessoas estão pensando sobre ela. Essa batalha é vivida na propaganda e na produção de conteúdo em mídias sociais. Por esse motivo é que esse artigo levanta o questionamento: com o hackeamento da conta do Burger King, isso foi prejudicial ou benéfico para a marca?
Foi prejudicial do ponto de vista que exibiu fraqueza do Twitter. A ação agiu também como um bullying contra a marca, o que não é benéfico do ponto de vista de branding. Além disso, o principal concorrente também ganhou destaque. O hackeamento mostrou também certa vagarosidade da marca de hambúrgueres dos EUA, uma vez que nenhum pronunciamento oficial foi lançado.
Como benefícios, podemos mencionar que: faz um tempo já que não se fala tanto da rede de lanchonetes nas mídias sociais. A marca ganhou uma enorme visibilidade, e o número de seguidores cresceu de maneira espantosa durante o dia.
Será que o “fale mal, mas fale de mim” ainda vale? É aplicável ao social media? 

 Deixe a sua opinião no espaço de comentários, abaixo. :)

1 comentários:

  1. Not ϳuѕt that, уou can indulge in fuгther woгks although ωearing thiѕ.


    Feel frеe tо surf tο my web-sіte :: the flex belt

    ResponderExcluir

 
Sua descrição aqui
Template desenvolvido por: Rafael Miranda